Tuesday, May 21, 2019

Chegando duplamente atrasado na festa... (RF e RV)

O que comecei a ver, desde o momento em que comecei a investir em RF e hoje de maneira muito mais clara no investimento em RV é o quanto sempre estaremos chegando atrasado (nem que seja um pouco) no investimento mais rentável ou mais promissor!



E não estou nem incluindo o Day-Trade, onde isso pode ser levemente melhorado com o uso do tape-reading (um dia faço um post sobre isso).

Isso também nos leva a questionar muito toda a corrupção envolvida no mundo dos investimentos: dinheiro é poder! Mas também, quem tem poder pode usar de seus meios para obter o dinheiro. E sinceramente tem momento que parece que não temos para onde correr, precisarímos realmente jogar uma moeda com 50% de chance para advinhar o próximo movimento do mercado se quiséssemos ter a chance de pegar o melhor ou o pior (se posicionando vendido) momento do mercado.

Obviamente o mais prudente é entrar em uma operação com uma chace maior, então observamos o movimento atual entrar em alguma tendência ou mesmo algum viés (através de notícias que nos são repassadas - acredite - com o maior delay possível) e pegarmos a última rabiola do movimento da pipa... 


Após as grandes instituições, pessoas com influência e dados privilegiados(ilegalmente) conseguimos nosso lucro
E ainda acreditamos que o que ganhamos (por fazer o dinheiro trabalhar para nós) é muito! 


Acredito que sempre chegaremos atrasados, e isso não importa, pois esse atraso, estando na sua maior parte no lucro, sempre será mais vantajoso que jogar a moeda e ver no que vai dar.

Acho que o ponto é nunca duvidar de que onde há muito dinheiro, há alguém tentando ganhar a maior parte dele de modo ilícito, seja controlando o movimento do mercado com um grande volume dispersado em diversas pontas ou de maneira mais criminosa, com informações privilegiadas (que é o ponto desse post). 

Acredito até que a CVM faça a parte dela, mas entendo como impossível rastrear tudo à tempo e até a descoberta, muitos gaiatos já levaram tombos que talvez possam vir a ser irreparáveis.

Será sempre um dilema:

Os fundamentos de uma empresa vão bem até que o dono, sócios e/ou parentes e amigos troquem suas partes na empresa por posição em dólares e o CEO faça uma delação bombástica. Na abertura é um desastre e em poucas horas a realização de lucro é visível e estampada na cara de quem se desesperou com tal movimento (isso sem contar day-traders com contas estouradas ao longo do caminho reforçando mais ainda o movimento bizarro).

A análise gráfica e a leitura do livro vêm em tendência, respeita suportes e resistências, abrem spread de compras ou vendas razoáveis, até que alguém decida que este mês precisa fazer um lucro maior e impulsiona uma reversão forçada no mercado, as sardinhas e alguns bons pescados se unem em prol daquele movimento e depois com um único movimento o mercado volta ao seu movimento anterior como se aquilo não tivesse acontecido.

Tudo refletindo a médio e longo prazo na RF: Selic, CDI, IPCA... tudo conforme a música dos que estão com a batuta na mão. E a gente olha, e a gente pega aquele pedaço do pedacinho de lucro.

Tudo bem, com paciência (diriam os Buy and Holders) o lucro é a tendência de empresas bem fundamentadas, mas infelizmente tomar conhecimento de certas coisas em uma idade um pouco mais avançada pode não ser muito vantajoso pra esse tipo de visão.

Não tem necessariamente um objetivo essa postagem, mas apenas um pouco da visão que tenho com o pouco tempo na bolsa de valores.

Apenas finalizando, por mais desanimador que algumas constatações possam parecer, isso não significa nada como "sair da bolsa" ou "desincentivar" quem esteja entrando ou decidindo-se entrar com aplicações nas empresas. A bolsa de um certo modo funciona bem, senão provavelmente já teria quebrado por si só (a bolsa, não as empresas nela - isso sempre estará passível de acontecer embora não tão provável).

Eu continuo firme buscando, através deste meio, minha IF.

Abraço!
K.T.

4 comments:

  1. Olá, KT.

    Muito difícil saber a hora de entrar e sair. O negócio é diversificar e assim uns ganhos compensam algumas perdas.

    Abraços!

    ReplyDelete
    Replies
    1. Tentei entrar no Buy and Hold em Março já com essa idéia de diversificar, mas por conta de liquidação das posições por parte da corretora acabei saindo involuntariamente. Mas creio que o caminho seja esse mesmo.

      Delete
  2. Se formos ficar focando nisso, momento exato de entrar, de sair... a gente vai apenas se desgastar emocionalmente. Como você disse, impossível acertarmos.
    O jeito é seguir a filosofia B&H e fazer o maior lucro possível dentro dela.

    ReplyDelete
    Replies
    1. Sim. Nisto acredito que o B&H tenha uma vantagem enorme contra operações Day-Trade e Swing-Trade. É buscar confiar nas empresas que você adquire sua ação.

      Delete