quinta-feira, 19 de maio de 2022

O maior desafio da minha vida

 Quando eu pensava que a independência financeira seria o maior desafio, percebi nos últimos meses que eu estava enganado.

A vida nos prega peças e uma delas são certos sentimentos que aparecem , seja para nos derrubar, seja para mostrar caminhos jamais imaginados antes. O meu caso, desta vez foi o segundo.

Me vejo agora entre uma mistura de grande motivação para dar um salto rumo à carreira do meu sonho com um misto de sentimentos de que não sou bom o suficiente ainda e estou correndo atrás por alguns meses para me tornar melhor, mas, como em outras áreas já tenho receito do teto até onde posso chegar e o medo é que esse teto seja baixo novamente e minhas expectativas se vão por água abaixo.


Desta vez uma outra pessoa está dependendo desse sucesso também para mudar sua vida. Não queria carregar este peso comigo, mas não sinto como um peso, mas sim como uma responsabilidade. Isso pode ser bom, para me fazer manter perseverante, mas ao mesmo tempo pode ser ruim por causa desse sentimento de que o peso é grande de mais e eu sou fraco para isso.

"Mas este é um blog sobre minhas finanças, certo?"

Pois é, tudo isso envolve receber um salário bem diferenciado dos que tive anteriores. Um avanço de quase 10 vezes mais, porém obviamente com a requisição de esforço igualmente maior. A diferença aqui é que eu vou adorar realizar este trabalho, acredito eu, então o peso grande talvez seja só o cansaço físico e mental elevado.

Agora, ainda não tenho o emprego e, como disse acima, estou me preparando com 'força' pra isso. Mas, estaria eu com medo de ter sucesso? Pois às vezes me pego com esses pensamentos nada motivacionais e eles, durante toda minha vida, sempre foram mais fortes. Mas dessa vez, necessito muito que o rumo seja diferente.


Obs 1: Desculpem por não citar diretamente o que está ocorrendo, mas tenham certeza de que, se der certo vocês saberão e darei detalhes no futuro.

Obs 2: Pra quem tá conhecendo agora o blog, isto que citei acima já não tem mais nada a ver com Trade.

Obs 3: Pra quem já acompanha o blog há um tempo: eu deveria mudar o nome do blog? Digo, tirar o "TRADER" do nome? 

segunda-feira, 4 de abril de 2022

NOVA meta e mudança na imagem de fundo.

IMAGEM DE FUNDO

Ja faz tempo que algumas pessoas nos comentários falavam para mudar o fundo pois ficava complicado de ler as vezes. Espero que fique um pouco mais agradável com uma imagem mais escura de fundo. Tirou um pouco a relação com o blog, mas como não tenho feito trades faz um bom tempo, então acho que isso não deve prejudicar nesse sentido. 

Se possível, me digam nos comentários abaixo se melhorou o contraste para a leitura.


NOVA META

Como citei em uns posts anteriores pensei em alterar a meta que, apesar de agora variar de acordo com a oscilação da moeda, fica de certo modo mais estável pois se basear em uma moeda também mais estável.

Além disso percebi que talvez o valor anterior não atenderia a possibilidade de atingir a meta de IF da maneira como imagino que seria razoável, então este valor de certo modo aumentou também.

com isso estou correndo o risco de aumentar minha frustração pela maior distância, porém não vejo como estar muito mais frustrado do que estou atualmente, então deve ser uma boa hora para já definir qual será a "carga máxima" com a qual vou ter que lidar daqui pra frente (embora eu ainda esteja subestimando as surpresas que a vida nos dá).


Novamente, se possível, me digam nos comentários abaixo se melhorou o contraste para a leitura ou cores de fundo que poderiam ser melhores (para simplificar a postagem não pretendo mexer nas cores dos textos).

segunda-feira, 28 de março de 2022

Desabafo e Atualização do Patrimônio Financeiro - Mar. 2021 (R$ 37.489,82 -8,47%) [2 meses]

 Um fechamento adiantado para o fim do mês, mas atrasado por ser um após 2 meses.

Estou em época de fechamentos da faculdade e de mudanças que quero fazer na minha vida pessoal a partir disso. quem sabe até volto a ter mais frequência aqui. Vamos vendo como segue o barco.

Fechamento

O resultado deste mês foi uma queda de R$ 3.467,71 em comparação ao último fechamento, com baixa de 8,47% Fechando em R$ 37.489,82.


Bem este mês entrei em ALERTA VERMELHO e já esperava isso, pois fiz gastos inesperados com alimentação (o que conjuntamente piorou minha saúde e forma física de maneira muito acelerada), coloco como responsabilidade disso a ansiedade que tenho sentido devido a algumas coisas como relacionamento, questões familiares e à própria apreensão financeira, nesta queda vertiginosa que vocês vem acompanhando.

Obvio que me culpo e responsabilizo por tudo o que está acontecendo, então sei que preciso resolver, mas estou paralisado em atitude. Tento os primeiros passos e logo fracasso. Tento de novo fracasso e vejo que talvez não mereça o que almejo (por não persistir) - e não estou falando só de questões financeiras.

Estou com uma dificuldade insana para persistir nas coisas, tudo é motivo para eu achar que não mereço ou que no final não valerá a pena o esforço, é um ciclo, é o que vem acontecendo desde muitos anos e está difícil reverter isso.

Vim tendo ajuda psicológica profissional por um bom tempo e até tentei ajuda psiquiátrica mais recentemente, mas nada vai me fazer agir se não for por minha vontade, o problema tem sido ter essa vontade, achar que vale a pena.

Junto com minha psicóloga percebemos o comportamento auto sabotador, mas ele é mais forte que eu mesmo. Falamos um pouco sobre compulsão alimentar, mas quando começávamos a discutir isso decidi interromper as consultas por alguns 3 ou 4 motivos que prefiro não citar, mas dentre eles, para resguardo financeiro também, já que, mesmo tendo progresso, acho que era extremamente lento e entre as consultas eu acabava andando pra trás - e isso me fez perceber que talvez eu estava dependente das consultas o que não deve ser bom nem mesmo para o próprio processo.

O alerta vermelho financeiro fica por conta da queda enorme de patrimônio com acesso mais líquido que só agora parei pra observar.

desse total de aproximadamente R$ 37.500,00 apenas 40% é realmente líquido e mesmo assim com prejuízos já que incluem aplicações em ações e tesouro direto por exemplo. E dentre os outros 60%, 10% eu poderia retirar com um prejuízo até que aceitável, mas 50% estão bloqueados , ou seja ,fazendo alguns arredondamentos o que tenho acesso real mesmo seriam apenas a 50%, 18750,00 aproximadamente.




terça-feira, 15 de março de 2022

Atualização da meta?

 Lembro dos primórdios aqui quando uma das perguntas do Sr IF em um podcast que participei com ele foi sobre a atualização do valor.

Sinceramente não lembro exatamente o que respondi na época, mas estou pensando hoje em fazer uma atualização deste valor - para cima - provavelmente.

Como assim provavelmente? Não seria óbvio uma atualização pensando no aumento da inflação, no valor do dólar (e provavelmente será essa)?

Andei pensando e, poderia ser para menos este valor caso alguns valores ou desejos mudassem ou fossem até realizados ao longo do tempo ou mesmo utopicamente o Real se sobrevalorizasse. Talvez uma vida bem frugal, já que tenho alguns desejos, mas são pontuais.. não são coisas como ter uma mansão ou um carro importado ou uma SUV, coisas que além de caras ainda seriam caras para se manter. Então estes seriam casos para até pensar numa diminuição de valor.

Por outro lado, o valor atual R$ 2,.5 milhões de reais (se não sabia, leia de novo o subtítulo do blog! - se ainda não foi atualizado esse valor quando estiver lendo - ou procure algo no site Way Back Machine) já É um valor muito baixo, até porque na época já pensei nessa frugalidade.

Fica aqui minha intenção, mas ainda não decisão de aumentar esse valor para 1 milhão de dólares. Será um valor variável em reais, mas, sendo o dólar uma moeda muito mais estável, creio que seja uma métrica boa e, revisando algumas coisas no padrão de vida que desejo, ficaria um pouco mais 'leve' o dia a dia, e não tão extremamente controlado gasto a gasto (como provavelmente seria com 2,5mi de reais). O ponto é que isso dificulta muito mais a meta, já que estou praticamente ( nas cotações de hoje) mais que dobrando a meta sem nem ter alcançado a primeira. Então, meu receio de fazer isso agora é causar mais frustração atual, porém, ao mesmo tempo seria colocar o valor real a se alcançar e evitar a frustração futura de pensar: cheguei! Agora vou dobrar a meta!

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2022

Novos "investimentos" em criptos

 Novos investimentos em criptos

Ainda não fiz exatamente como queria, mas há muito tempo quero investir em 'pózinhos' de criptos que possam ter algum potencial de crescimento (apenas especulativo mesmo, já que, para funcionar como moedas reais acho que já se consolidaram as  pioneiras) e o que tiver de novidade daqui pra frente deverão ser NFTs e alguns tokens bem específicos de difícil previsão de acordo com o avanço comercial de poucas empresas.

Mas enfim, comecei pequeno já que ainda não saiu a renda que tinha falado no último fechamento, mas também não vou investir muito nisso não. a aposta aqui é uma explosão percentual que aparentemente acontece com frequência. Investi desde coisa totalmente nova (talvez até scams - sim considerei um risco extremo para valores igualmente extremamente pequenos) , como algumas com uma ascensão razoavelmente equilibrada e outras que estão tendo um crescimento razoável. Caso queiram pesquisar, ALGUMAS delas são a Shiba Inu (SHIB), a Smoth Love Potion (SLP) e a Baby Doge (ainda em token) , mas há outras ainda, inclusive a que acredito ser scam (mas não vou colocar o nome dela aqui).

Como disse, o investimento foi pequeno (por hora R$ 100,00 apenas), mas, caso comece a ter uma renda a mais devo chegar aos R$1000,00 no máximo;


Nesta semana o resultado que tive foi de crescimento que cobriu as taxas de movimentações, pois como estão relacionados alguns tokens novos, tive que aceitar alguns slippages absurdos. Mas ainda que para especulação, aqui não é day-trade, então o aguardo é para médio a longo prazo, é aquela semente apenas, novamente, apostando em uma explosão percentual.

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2022

Atualização do Patrimônio Financeiro - Jan. 2021 (R$ 40.957,93 -4,53%) e outras novidades

 Mais um fechamento em data 'estranha', mas na verdade esses valores são até de 8 dias atrás,  quando fiz o balanço, mas na oportunidade acabei não tendo tempo de postar imediatamente. De todo modo, vale o acompanhamento mensal. Desta vez, algumas novidades (mais a frente no post).

Fechamento

O resultado deste mês foi uma queda de R$ 1943,55 em comparação ao último fechamento, com baixa de 4,53% Fechando em R$ 40.957,93.

Motivada por: prejuízos com veículo(ver abaixo) e gastos mensais.


Novas criptos na carteira

Comprei alguns pozinhos de criptos novas e algumas que desvalorizaram nessa queda geral do mercado de criptos (no post da semana que vem vou detalhar estas novidades. Mas a aplicação foi de apenas 100 reais já que ainda não consegui a renda que citei no último post).

Meu carro resolveu dar problema tudo junto de uma vez

 Chicote elétrico, Presilha de cinto de segurança (de conserto urgente), limpador de para-brisa traseiro, tampa do reservatório de óleo, rolamento das rodas dianteira....

Enfim, pequenos consertos, mas que juntando tudo, inclusive o lance do chicote que me deixou no meio da rua e precisei pagar guincho, levou parte da grana. 

Racionalmente é obvio que deveria desfazer do carro, mas na prática, preciso ter ele disponível para emergências  - e precisei nestes últimos meses - e também, como já devo ter citado aqui (ou não?) dirigir ainda é um dos prazeres  que tenho tido apesar de tanto problema acontecendo então é o meu custo "supérfluo" que decido manter e ainda não posso ter um carro um pouco melhor (zero: jamais!).

Só espero não ter mais problemas com ele pelos próximos meses. Tive que tirar o escorpião do bolso ( ou do banco) e consertar tudo o que precisava, então espero que ele colabore.

Saúde

Tenho tido umas recaídas ao se tratar de ansiedade (alguns acontecimentos pessoais) e isso de novo tem me feito comer demais e muito mal,  cheguei a pensar em retornar com os antidepressivos, mas, além de não ter dinheiro para um psiquiatra e menos ainda pros remédios, ainda acho que não está tão grave quanto antes, ainda há algum controle.

No ano passado, tive um atendimento e receita de medicamentos via SUS mesmo, porém senti que depois eu estava apenas indo as consultas pra pegar a receita para o remédio e que não havia um acompanhamento de verdade do problema (queriam atender rápido e se livrar), quando peguei um médico bom, ele saiu do SUS duas semanas depois e fiquei desamparado. Paguei um psiquiatra particular praticamente pra me ajudar a retirar os medicamentos da forma correta, e depois não voltei mais.

Continuo relutante pra fazer exercícios físicos... não consigo detectar o que tanto me afasta: faço uma caminhada ou corrida de vez em quando, mas é meio que quando estou com a cabeça esgotada de coisas e essa é a única endorfina que resolve (quando nem comer resolve). Mas esse extremo ocorre poucas vezes no mês. E eu não forçaria ficar nesse mal estar mental só pra me sentir disposto a fazer exercícios físicos (nem faz sentido isso).


Enfim, resolvi fazer um fechamento falando de outras coisas dessa vez. E seguimos queimando patrimônio.


sábado, 15 de janeiro de 2022

Atualização do Patrimônio Financeiro - Dez. 2021 (R$ 42.901,08 -5,86%)

 Bem, pessoal. Estou aqui para mais um fechamento (atrasado), mas estamos aí. Apesar do dia do post, o fechamento em si foi feito bem perto do início do mês, então está relativamente fiel, embora nele eu já tenha pago algumas contas de janeiro, então vai ter um custo mais alto (por exemplo da faculdade - 2 meses já dão R$ 1500,00) ... Mas enfim, ouvi uma frase essa semana que me inspirou um pouco:


"antes MAL feito do que NÃO feito"


E nem tá tão mal feito assim, acho....

Outro motivo é porque talvez (muito talvez) eu volte a ter alguma renda razoavelmente fixa, então seria legal ter mais ou menos a situação anotada aqui antes de começar a receber, até pra acompanhar se vou voltar com o hábito de investimentos como sempre tive e ajustar algumas coisas que forem necessárias.

Inclusive estou meio desatualizado sobre o mercado de forma geral - aceito sugestões para analisar o que anda indo bem pra investir (criptos, FIIs, Ações... como está o tesouro Selic e IPCA? já voltou àqueles patamares acima de 120%, 130% do CDI ou temos alguma renda-fixa médio prazo nesses patamares? Estou por fora mesmo.

Quanto aos gastos de Dezembro, realmente fui imprudente, acabei indo do embalo das férias de um primo meu e, apesar de não ter tido custos com deslocamentos e hotéis (ele pagou essa parte pra mim), acabei exagerando nos locais onde fui e isso deve ter sido, somando tudo até o dia do fechamento, pelo menos 1/3 do valor que gastei nesse fechamento. Como citei anteriormente, mais da metade foi da faculdade praticamente e o restante são outras contas menores (água, luz, internet) e gastos com alimentação( que ainda são muito altos - apesar de não comprar coisas caras - alimentos  'de marca' ou coisas assim - gasto em quantidade... ou seja, além de não ser bom pro bolso é menos ainda pra saúde! Preciso voltar a monitorar gasto a gasto novamente, urgente!)

Um detalhe é que, apesar de ter diminuído muito meu patrimônio em criptos, ele ainda tem ajudado a segurar uma baixa geral que tive com as ações e FIIs nesse tempo (mesmo tendo dado uma boa recuperada nas FIIs elas ainda estão em valores baixos quando comparadas ao preço de aquisição)

Bem, vamos aos números:

O resultado deste mês foi uma queda de R$ 2671,08 em comparação ao último fechamento, com baixa de 5,86% Fechando em R$ 42.901,08.

Motivada por: consumo do patrimônio basicamente.