Thursday, November 14, 2019

Traders de Youtube e de Blackboard - Tipo V (também polêmicos)


Trader de criptomoedas, opções binárias e esportivo.

Coloco todos no mesmo balaio pois o que mais fazem parecer é o que geralmente os traders não gostam que pareça: que o trade é como um jogo de apostas - um cassino - uma roleta. Obviamente aqui agem como experts no assunto. Têm as estratégias corretas para ganhar.

Confesso que é uma visão de quem não conhece de perto esse tipo de trade/operação até porque, pra mim isso já cheirou trambicagem das grandes e cheirou mal de longe (não estou dizendo que seja - estou dizendo a percepção pessoal que tive: leiam o rodapé deste blog para mais detalhes).

Não que eu nunca tenha sido enganado, mas tem coisa que um pouco menos de inocência já revela intenções.

Nas criptos, ainda tem até corretoras te dão um valor para entrar nelas e prometem lucros estratosféricos: traders dessas corretoras ainda conseguem oferecer algo que só ele consegue dentro dessa corretora alavancando ainda mais o valor de entrada e de possível ganho (o que já era estratosférico na oferta original na corretora o cara consegue dobrar, triplicar).

Opções binárias (?)... realmente preciso entender melhor sobre isso. Mas o termo "binárias" já dá impressão de apenas duas soluções, duas situações, dois cenários. Trade real a meu ver é menos quadrado que isso.
Então já vejo como algo que no mínimo já começa fugindo da realidade. Traders de opções binárias fazem parte deste mesmo círculo que oferece grandes ganhos, mas nada ou pouquíssimo falam dos riscos de perda.

Os trades esportivos posso apenas resumir com um exemplo das antigas: corridas de cavalo! Escolha o (time, equipe, cavalo...) que você acredita ser o melhor e aposte nele! A leve diferença que vejo é que é possível uma análise mais próxima das equipes, dependendo do esporte, e com isso há a impressão de que se tem mais controle sobre a situação. Mas a grande falha é que é um dinheiro colocado em busca de adivinhar o resultado de um jogo (resumindo bem, obviamente). Ou seja, a base está em um jogo. Concordo que há semelhanças com o Day-Trade em alguns pontos, mas acredito que o DT é mais concreto em fatos nacionais e internacionais que, apesar de voláteis, não chegam a ser tal quanto a partida de qualquer esporte.

Prós:

Nas criptos, tem a vantagem de até chegarem a serem reconhecidas com instituições mais confiáveis:, por exemplo:  alguns bancos dos EUA, Facebook, Volkswagen, e diversas (grandes) empresas de tecnologia (ex: Google) que estudam as utilizações das mesmas.

Trades Esportivos, me parecem ter alguma base de lógica, como citei.

Contras:

Todas, oferecem grandes lucros e não falam de riscos e perdas (ou muito raramente falam), isso para mim é um alerta vermelho!

Todas dependem de instituições pouco conhecidas no mercado geral e há grande possibilidade de fraudes ocorrerem e a pessoa não perder o dinheiro com o fim em si, mas com a falta de idoneidade da instituição.

Estas que cito, tratam trade como puro e simples jogo e isso acaba respingando negatividade para o mercado financeiro real.


Concordam comigo? Comente abaixo. Principalmente se você fizer esses tipos de trade e puder colaborar com uma visão diferente que eu possa não ter observado!

2 comments:

  1. EXATAMENTE! É um bando de mercenário vendedor de curso e fórmula secreta.
    As o.b's foram banidas dos EUA e de uma porrada de países.
    O pessoal esportivo usam de uma gestão de risco que eu acho plausível, mas prefiro não me meter por não entender ou gostar.

    ReplyDelete
  2. Não conheço bem esse detalhe do risco do trader esportivo. Vou pesquisar melhor e se eu mudar de ideia, retrato isso aqui no blog.
    Obrigado pelo comentário.

    ReplyDelete