Saturday, November 2, 2019

Atualização do Patrimônio Financeiro - Out/2019 (R$ 75220,12 -10,37%)


Novamente o fechamento no blog faz a principal função dele: manter um monitoramento das minhas finanças e este mês a coisa foi bem "agressiva" neste sentido.


Mantendo o monitoramento num momento crítico!

Num clima muito melhor do que estava no último fechamento, muito embora extremamente preocupado com outros fatores, pelo menos minha saúde mental parece estar se restabelecendo à normalidade sem mais tantos pensamentos negativos e empolgado com o que há de vir neste próximo ano.

Saldos:
Saldo em Contas Correntes: R$ 1.661,13
Saldo em Espécie: R$ 246,25
Saldo em Criptomoedas: R$ 1.098,46
Saldo em Aplicações de Renda Fixa (TD, LCs e CDBs): R$ 37.773,17
Saldo em Ações: R$ 0,00
Saldo em FIIs: 1.671,40
Saldo em "Giro" para Day Trade: R$ 6061,36
Saldo em Previdência Privada: R$ 13.498,75
Saldo em FGTS: R$ 13.209,60

Resultado total: R$ 75220,12 (-R$ 8699,71)


Considerações do mês: 


1 -   Saldos em C/C e Espécie: os saldos estão altos para o que costumo deixar, mas acabei há poucos dias de cumprir umas pendências e pagamentos que tive que fazer (como devolução) para a empresa onde trabalhava, uma facada de 13500,00 e a devolução do aviso-prévio não cumprido (uns 3500,00)... enfim, acabei zerando as aplicações mais do que eu precisava pois ainda  tinham os próprios acertos trabalhistas para eu receber, no final das contas o prejuízo atual foi aproximadamente esse total do mês.

2 - Previdência Privada:  Só me falta receber os valores aportados em previdência privada (um pouco burocrático) e aí minha última facada a receber: o desconto do IR pois o burro aqui achando que ficaria um bom tempo no trabalho escolheu a tabela regressiva... (pelos valores que me passaram vou perder uns R$ 3800,00 neste acerto), mas tudo dentro do que eu já esperava.

3 - FIIs:  Apenas fiquei surpreso com o altíssimo rendimento dos mesmos 6,51% na média.

    Bem, como já citei neste post, tive que sair do meu emprego pois já haviam meses que estava apresentando sinais de depressão e por análise isto vinha claramente do ambiente de trabalho e eu praticamente tive dois caminhos: começar a tomar remédios psiquiátricos ou largar o emprego - não foi fácil, mas preferi dar uma chance ao meu próprio cérebro para se tratar e evitar os famigerados faixa-pretas.
    Aparentemente ainda não estou fora do alcance de uma depressão, mas no momento estou em 2 a 3 meses de observação pela psicóloga para ver se as coisas estão se equilibrando, espero que sim.
    Quanto ao verdadeiro ROMBO no meu patrimônio consegui encarar muito tranquilamente, pois já estou vendo uma melhora na minha saúde e disposição que não via há pelo menos um ano ou mais e isso pois "míseros 8 ou 12 mil ", saiu até barato.

Agora o foco é outro...

    Decidi há cerca de um ano que enfrentaria a maratona que é trabalhar com o Day-Trade. Até hoje, depois da minha saída do emprego formal, estou conseguindo levar bem o DT, embora tenha fechado o mês de outubro negativo, foi tudo dentro do controle e na verdade 81% dessa perda mensal foi nas duas primeiras semanas do mês (que nem deveria ter operado, pois estava extremamente estressado e deprimido com as questões pendentes).
    O saldo maior em capital para Day-Trade que consta nesse fechamento, já inclui parte do valor total que vou destinar para as operações nos próximos 12 meses, mas ainda aguardo o valor da Previdência Privada para não precisar mais colocar a mão nos valores em Tesouro Direto nem agora e espero, neste tempo de um ano também.
    O foco no Day-Trade está sendo bem proveitoso, estou ainda organizando as ideias (coisa que gostaria de ter feito antes de sair do emprego, mas não foi possível esperar), mas já tenho registradas pelo menos umas 80 atividades para fazer na  minha "empresa trade" e já estou dando andamento em algumas.
    A carga de trabalho por enquanto está sendo aproximadamente a mesma do meu emprego (umas 6h a 7h diárias em média, mas deve aumentar com o tempo neste início) uma vez que ainda não me dei tempo de tirar um descanso para descansar de fato e refletir sobre os ventos que estão por vir.
    Dentre as diversas atividades estão alguns estudos específicos para o Day-Trade, testes exaustivos de estratégias, criação, estudos e manutenção para robôs de trade, dentre outras diversas coisas, além do próprio foco no horário do mercado (geralmente apenas parte da manhã, raramente à tarde também).

No próximo post atualizo os resultados do Day-Trade de Outubro e ao longo do mês devo ir fazendo observações do andamento das coisas. Pretendo também, como alguns outros blogueiros de finanças, falar um pouco mais sobre outros assuntos fora do trade e das finanças, como indicações de livros, filmes e até relacionamentos e outras coisas.

2 comments:

  1. cara, anda malhando?
    como vai a alimentação?

    abs!

    ReplyDelete
    Replies
    1. Malhação tentei fazer há um bom tempo e realmente é uma coisa que não é pra mim, mas no entanto estou muito mais frequente na natação... aqui na minha cidade a prefeitura prove uma piscina olímpica por 10,00/mês.... barato e é um exercício que tenho gostado e me empenhado muito!

      Alimentação melhorou 100% depois que saí de onde trabalhava, menos ansiedade = comer muito menos besteiras!

      Valeu!

      Delete